Pesquisar este blog

quinta-feira, 3 de março de 2011

ANÁLISE DE TIRINHA (5)


A história contada nessa tirinha produz reflexão interessante: o diálogo presencial substituído pelo diálogo virtual, tendo o computador como mediador da relação. Ou seja: as relações humanas passam a ser intermediadas pela máquina e adquirem estatuto de validade somente se realizadas dessa maneira.

Lembra-me alguns bares existentes por esse mundo, onde as pessoas, sentadas em diferentes mesas, ao invés de conversarem face-à-face, usam de celulares ou computadores para iniciar os relacionamentos. A leitura do outro dá lugar à leitura de signos (escritos ou imagéticos) sobre o outro com quem desejo me interrelacionar.

No meu ponto de vista, a intermediação de instrumentos tecnológicos para substituir a relação direta, física, face-à-face, é um tremendo atraso de vida, apontando para uma certa esquizofrenia social. Ou não? Fica aberto o debate...

2 comentários:

Tania Aires disse...

Excelente a análise. É realmente um atraso a substituição da interação física pela interação mediada pela máquina.

Tânia disse...

Estou de acordo, tenho me preocupado bastante com o tempo de ocupação que meus filhos têm na internet, conversando horas com colegas e outros. Sinto falta de vê-los em boas reuniões , face a face, dentro de casa e em outros lugares... que pena.