Pesquisar este blog

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

RELAXLENDO (5) - A NOVELA GENOÍNO


JOSÉ GENOÍNO - Renunciou à presidência do PT em julho de 2005, por envolvimento em denúncias de corrupção relacionadas ao escândalo do mensalão. Em 30 de março de 2006, foi denunciado pelo Procurador Geral da República ao Supremo Tribunal Federal (STF) como um dos líderes do grupo responsável pelo mensalão. Em agosto de 2007, o STF aceitou a denúncia de Genoíno e outros 11 réus pelos crimes de corrupção ativa e formação de quadrilha. O deputado, que passou a contar com foro privilegiado em razão da sua eleição como deputado em 2006, começou a ser julgado por formação de quadrilha e corrupção ativa (9x) no STF em agosto de 2012. Foi condenado pelos crimes de corrupção ativa e formação de quadrilha pelo Supremo Tribunal Federal em 9 de outubro de 2012. Mesmo tendo sido condenado, assumiu em 2 de janeiro de 2013 como deputado federal. Em 15 de novembro de 2013, após condenado pelo Supremo Tribunal Federal brasileiro, se entregou à Polícia Federal em São Paulo. Em 03 de Dezembro de 2013, para fugir de uma possível cassação, renuncia ao cargo de Deputado Federal. Após a mesa diretora da Câmara dos Deputados abrir votação para a cassação do mandato com 4 votos a favor e 2 contra, o vice presidente da casa mostra a carta de renúncia, que foi lida no plenário da Câmara, e publicada no Diário Oficial no dia 04 de Dezembro de 2013. (WIKIPEDIA)






 



Nenhum comentário: