Pesquisar este blog

segunda-feira, 28 de maio de 2012


TEMALANÇO - 50 ANOS DE MÚSICA



O Temalanço Trio surgiu no segundo semestre de 1964 em função de uma aproximação quase casual. Os músicos Antonio Naccache e João Passarinho já tocavam juntos e estavam precisando de um pianista para um jantar a ser realizado no Clube Fonte São Paulo. Souberam que no Colégio Culto à Ciência havia um jovem, Sérgio Antonio da Silva Leite, que tocava no grupo musical daquela escola. Numa tarde em que os estudantes estavam ensaiando após as aulas, Naccache e Passarinho foram ao Culto à Ciência e o convidaram. Sérgio Leite ficou surpreso e apavorado, mas aceitou. E continuaram tocando juntos até o presente momento: quase 50 anos de parceria musical!

De início formavam o Temalanço Trio: Sérgio Leite (piano), João Passarinho (contrabaixo) e Antonio Carlos Naccache (bateria). A partir da apresentação no Clube Fonte São Paulo em 1964, o trio começou a tocar e a se apresentar em shows. No programa de rádio "O tema é balanço", apresentado semanalmente na Rádio Brasil por Lúcio Giggiatti, este acabou batizando o trio como "Temalanço" a partir do nome do programa. Era o período da bossa-nova e o Clube Ítalo Brasileiro abria um espaço para um encontro semanal dos músicos de Campinas; o Temalanço era o grupo fixo desses encontros. 


Com o tempo o grupo se ampliou: Sérgio Tastaldi (arranjo vocal e órgão), Lauro Vianna (guitarra), Edilton Mantovani (guitarra e vocal), começando a se apresentar em bailes e encontros dançantes. Pelo menos em dois espaços o grupo esteve muito presente: nos encontros dançantes dos estudantes da PUCCAMP, realizado no Clube Semanal de Cultura Artística e na boite do Tênis Club de Campinas, na época em que José Roberto Magalhães Teixeira (Grama) era o seu diretor artístico. Foram quase dois anos dois anos ininterruptos no Tênis Club, com a oportunidade de acompanhar vários artistas que o clube contratava para shows aos associados.  

O Grupo Temalanço atuava profissionalmente em Campinas e região. No período de ouro - final dos a nos 60 - havia apresentações semanais. O equipamento era de primeira linha: parte do material era importado da Itália e a aparelhagem de som já era Giannini. Chegamos até a trabalhar com aparelhagem de som e de luz  especialmente fabricados para o grupo por profissionais da cidade. Da mesma forma, foi criada uma estrutura de transporte dos instrumentos. O repertóri do grupo era MPB, bossa-nova, jazz, standad, etc... É a música que a geração dos anos 40 e 50 gosta, mas que também agrada aos jovens de todas as idades. Dentre os acontecimentos mais importantes da trajetória do trio, destaca-se aquele relacionado à cantora Georgina que, em 1966, fez a abertura do show de Elis Regina em Campinas, no Cine Carlos Gomes, com os artistas do Fino da Bossa da Record, que já era um sucesso. 


A formação maior do Grupo permaneceu até final de 1971, quando vários membros se graduaram na universidade. Houve uma tentativa de reorganização em 1972, mas aí a história foi interrompida. Depois, no final dos anos 80,  mais uma tentativa de aproximação, por um período de dois anos, mas já com outra formação. Por essa época, ocorreram várias apresentações, mas sem continuidade.  Em 2010, o mesmo trio originário (Sérgio Leite, Passarinho e Naccache), 45 anos após o primeiro encontro, resolveu retomar o sonho esquecido, juntamente com Edilton Mantovani (canto) e com a mais nova aquisição, Ezequiel Theodoro da Silva, na guitarra.


DEPOIMENTO: O verdadeiro Temalanço acabou no início de 1970. Eu fui o primeiro a sair porque conhecí a Cleide e o meu objetivo era de me casar com ela, não sendo compatível com a música naquela ocasião. Alguns elementos do Temalanço tentaram prosseguir, mas não deu certo... Essa volta que tivemos foi em 1986 que perdurou até a passagem de 1989 a 1990. Tinha como base Naccache Sérgio Leite e Passarinho. O objetivo era apenas para uma brincadeira com a participação das famílias, mas não durou mais que 03 anos, porque qdo quiseram compromissos profissionais, eu fui o primeiro a sair novamente por não querer passar as noites tocando fora e consequentemente abandonar minha família.O Grupo novamente parou. Na verdade voltamos em 2005 à ensaiar por idéia do Edilton, que achou que poderíamos voltar a tocar principalmente devido a minha viúvez. Foi daí que eu resolví fazer êsse pequeno lugarzinho na minha casa para voltarmos à ensaiar. Em 2010 convidamos o Passarinho à voltar,porque antes estava o antigo guitarrista do Grupo fazendo baixo. Eu e o Sérgio fomos à casa do Pássaro e o covidamos; ele aceitou com muita emoção. E é com muito prazer que o Ezequiel está agora com a gente no Grupo Temalanço. ANTONIO NACCACHE

Os membros do Temalanço não pretendem se profissionalizar; a ideia é ter a música como uma atividade secundária, mas levada a sério. E, obviamente, atender a convites especiai, para apresentações por parte de grupos ou pessoas que os conheçam e, acima de tudo, gostem da música que fazem.

O marcante dessa re-estreia do grupo é que estarão tocando no mesmo espaço em que, quase meio século atrás, foram convidados e contratados pelo Grama para se apresentar. É muito simbólico esse processo, pois estarão reassumindo um sonho que foi interrompido devido às diferentes demandas da vida. Na época, nas décadas de 1960 e 1970, viver de música era uma meta arriscada; sendo assim, quando alguns músicos se formaram na universiadade, a opção pela carreira profissional era o caminho a seguir. A proposta atual, portanto, não é voltar saudosamente para o passado, mas reatar uma história interrompida e olhar para a frente, visando ao aprimoramento musical...

AGENDA

5ª DO BUTECO
Grupo Temalanço
Local - Bar Inglês do Tênis Clube a "5ª do Buteco"
Dia: 31 de maio, quinta feira 
Horário: das 19h às 23h
Couvert: R$ 20,00 incluso mesa de petiscos (Bebidas à parte)
Mais informações: (019) 3721-6896 ou E-mail - social@tcc.com.br

CONTACTOS

Antonio Naccache - Fone (019) 8805.3791 - naccache.batera@gmail.com 
João Passarinho - Fone (019) 3258.7485 -joaopassarinhof@yahoo.com.br
Sérgio Leite - Fone (011) 9932.4373 - sasleite@uol.com.br
Ezequiel T. da Silva - Fone (019) 8114-8940 - emarthi@terra.com.br 

Nenhum comentário: